top of page

Após 18 anos sem montagens, Lua de Sangue entra em cartaz em Pernambuco

Depois de 18 anos sem montagens, a peça Lua de Sangue voltou aos palcos em turnê por diversos municípios de Pernambuco. Neste sábado (24), será a última apresentação no Teatro Bonsucesso, em Olinda, a partir das 19h. Desta vez repaginado para a contemporaneidade, o espetáculo tem texto do dramaturgo pernambucano Robson Teles, que também é professor, escritor e vice-presidente do Instituto Cultural Osman Lins.



A direção desta vez fica por conta do cineasta Adriano Portela. O elenco é formado pelos estudantes da Escola Cobogó das Artes, um projeto artístico da Portela Produções. Na trama, o Conde Málaf Drácula e sua esposa Tábata acabam descobrindo que seu herdeiro Ákno tem algo a contar e que pode arruinar a reputação da milenar família. Com a visita do famoso Duque Blond e sua estranha esposa Lessie, o segredo de Ákno pode estar prestes a ser revelado.

A direção coreográfica de Lua de Sangue fica a cargo da atriz e bailarina Vanessa Sueidy, que também é apresentadora de festivais de dança, como o Abril Dance Festival (2019) e a 3ª Mostra Competitiva de Dança de Pernambuco. No segundo semestre, também Adriano Portela estará lançando outros dois espetáculos, além um livro e um longa-metragem.



5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page